ॐ नमः शिवाय ॐ नमः शिवाय Om namah Shivaya Om namah Shivaya

21 de abril de 2008

A maior benção do Senhor Siva

Holanda, 3 de julho, 1997 (manhã)
Tridandisvami Sri Srimad Bhaktivedanta Narayana Maharaja

--------------------------------------------------------------------------------


O Senhor Siva, na verdade, é o mais querido de Sri Krsna, então, Krsna pode dar-lhe serviços os quais não pode dar a mais ninguém. Quando os semideuses e demônios estavam batendo o oceano de leite para obter o néctar da imortalidade, a primeira substância produzida foi um veneno poderoso e perigoso, que queimava o mundo inteiro.

Os semideuses apelaram a Sri Krsna, que os aconselhou a pedir ao Senhor Siva para que ele bebesse o veneno. Assim, eles adoraram o Senhor Siva e pediram: “Por favor, nos salve! Somente você pode nos proteger.” O Senhor Siva recolheu o veneno e o colocou em sua boca, mas, hesitou em engoli-lo, considerando: “O Senhor Krsna está em meu coração. O veneno irá afetá-Lo.” Ele então, manteve o veneno em sua garganta, que foi queimando, até que se tornasse azul.


Humildemente, o Senhor Siva falou á Narada: “Eu quero ser o amado devoto de Sri Krsna, mas, na verdade, eu não sou. Você sabe, eu sempre uso as cinzas dos crematórios, e uma guirlanda de caveiras. Todos os meus associados são fantasmas e bruxas, então, eu não sou qualificado para ser um devoto querido de Krsna. Se eu sou tão querido, por que Ele me engajaria com o modo da ignorância, na terrível função de destruir o universo? Se eu fosse um recipiente tão grandioso da Sua misericórdia, por que ele me daria a ordem de me tornar Sankaracarya e pregar uma filosofia que é contrária a Ele?”

Na verdade, mesmo que ele negue, é devido ao fato de Siva ser tão querido a Krsna que Krsna foi capaz de dar-lhe a difícil tarefa de vir como Sankaracarya. Muitas pessoas vêm adorando o Senhor Supremo somente para satisfazer seus interesses, pensando: “Deus satisfará nossos desejos mundanos simplesmente com nossa adoração.” Eles só o adoravam para, rapidamente, obter os resultados e ter suas necessidades supridas; não para agradá-lo. O Senhor Krsna pensou: “Isto é muito perigoso.” Ele chamou o Senhor Siva, e o instruiu: “Tais falsos devotos criarão grandes perturbações, então mantenha-os longe de Mim. Crie uma filosofia que ensine: ‘brahma satyam jagan mithya- (o absoluto é verdadeiro, esse mundo é falso.)’ Você deve pregar: todas as almas são Siva; todas as almas são Brahma; tudo é um. Você é Brahma, o Absoluto impessoal. Não há necessidade de adorar nenhum outro Deus; você é o Deus Supremo.’
“Relutante, o Senhor Siva perguntou á Krsna: “Por favor, o Senhor pode pedir para outra pessoa fazer isso? Eu não sou qualificado para esse serviço.” Krsna respondeu: “Não, você terá que fazer isso. No mundo inteiro, eu não vejo ninguém mais capaz de fazê-lo.

Sentindo-se envergonhado, o Senhor Siva disse a Narada: “Por fim, tive que concordar em seguir Sua ordem. Aparecendo como Sankaracarya, preguei em muitos lugares: ‘Você é Brahma, você é Brahma, você é o Brahma impessoal. O mundo inteiro é falso. ’ Lamento muito por ter feito isso. Sei que cometi uma grande ofensa fazendo que tantas pessoas se tornassem contrárias ao Senhor Krsna. Ainda assim, para executar Sua ordem espalhei essa doutrina. Está claro, pelo fato de Ele me dar tais ordens, que eu não sou o Seu mais querido”.

Nenhum comentário: