ॐ नमः शिवाय ॐ नमः शिवाय Om namah Shivaya Om namah Shivaya

29 de outubro de 2009

Trishula de Shiva



por : Hari Govinda

Decreto de proteção e abrigo do Infalivél Trishula de Shiva.

Eu me uno hoje,

À grandeza de Shiva para dirigir-me,
Ao poder de Shiva para proteger-me;
À sabedoria de Shiva para iluminar-me;
Ao amor de Shiva para libertar-me;

Ao olho de Shiva para discernir;
Ao ouvido de Shiva para escutar;
À palavra de Shiva para esclarecer e criar;
À chama de Shiva para purificar.

À mão de Shiva para me abrigar;
À senda de Shiva para caminhar;
Ao escudo de Shiva para guardar-me;
Ao exercito de Shiva para defender-me.

Contra as armadilhas do demônio;
Contra as tentações e os vícios;
Contra inclinações errôneas;
Contra homens que tramam o mal;
Perto ou longe, sejam muitos ou poucos,

Com seu Trishula de proteção a minha frente, as minhas costas

na minha direita, a minha esquerda, acima de minha cabeça e abaixo de meus pés.

Com a grças dos Devas e Devis, eu

Estou sob proteção do Trishula do Senhor Shiva!





Om namah Shivaya!
.

108 NAMES OF LORD SHIVA



This video is dedicated to Lord Shiva, The Master of all Yogi's.
Hara Hara Mahadeva


1 Aashutosh One Who Fulfills Wishes Instantly
2 Aja Unborn
3 Akshayaguna God With Limitless Attributes
4 Anagha Without Any Fault
5 Anantadrishti Of Infinite Vision
6 Augadh One Who Revels All The Time
7 Avyayaprabhu Imperishable Lord
8 Bhairav Lord Of Terror
9 Bhalanetra One Who Has An Eye In The Forehead
10 Bholenath Kind Hearted Lord
11 Bhooteshwara Lord Of Ghosts And Evil Beings
12 Bhudeva Lord Of The Earth
13 Bhutapala Protector Of The Ghosts
14 Chandrapal Master Of The Moon
15 Chandraprakash One Who Has Moon As A Crest
16 Dayalu Compassionate
17 Devadeva Lord Of The Lords
18 Dhanadeepa Lord Of Wealth
19 Dhyanadeep Icon Of Meditation And Concentration
20 Dhyutidhara Lord Of Brilliance
21 Digambara Ascetic Without Any Clothes
22 Durjaneeya Difficult To Be Known
23 Durjaya Unvanquished
24 Gangadhara Lord Of River Ganga
25 Girijapati Consort Of Girija
26 Gunagrahin Acceptor Of Gunas
27 Gurudeva Master Of All
28 Hara Remover Of Sins
29 Jagadisha Master Of The Universe
30 Jaradhishamana Redeemer From Afflictions
31 Jatin One Who Has Matted Hair
32 Kailas One Who Bestows Peace
33 Kailashadhipati Lord Of Mount Kailash
34 Kailashnath Master Of Mount Kailash
35 Kamalakshana Lotus-Eyed Lord
36 Kantha Ever-Radiant
37 Kapalin One Wears A Necklace Of Skulls
38 Khatvangin One Who Has The Missile Khatvangin In His Hand
39 Kundalin One Who Wears Earrings
40 Lalataksha One Who Has An Eye In The Forehead
41 Lingadhyaksha Lord Of The Lingas
42 Lingaraja Lord Of The Lingas
43 Lokankara Creator Of The Three Worlds
44 Lokapal One Who Takes Care Of The World
45 Mahabuddhi Extremely Intelligent
46 Mahadeva Greatest God
47 Mahakala Lord Of All Times
48 Mahamaya Of Great Illusions
49 Mahamrityunjaya Great Victor Of Death
50 Mahanidhi Great Storehouse
51 Mahashaktimaya One Who Has Boundless Energies
52 Mahayogi Greatest Of All Gods
53 Mahesha Supreme Lord
54 Maheshwara Lord Of Gods
55 Nagabhushana One Who Has Serpents As Ornaments
56 Nataraja King Of The Art Of Dancing
57 Nilakantha Blue Necked Lord
58 Nityasundara Ever Beautiful
59 Nrityapriya Lover Of Dance
60 Omkara Creator Of OM
61 Palanhaar One Who Protects Everyone
62 Parameshwara First Among All Gods
63 Paramjyoti Greatest Splendour
64 Pashupati Lord Of All Living Beings
65 Pinakin One Who Has A Bow In His Hand
66 Pranava Originator Of The Syllable Of OM
67 Priyabhakta Favourite Of The Devotees
68 Priyadarshana Of Loving Vision
69 Pushkara One Who Gives Nourishment
70 Pushpalochana One Who Has Eyes Like Flowers
71 Ravilochana Having Sun As The Eye
72 Rudra The Terrible
73 Rudraksha One Who Has Eyes Like Rudra
74 Sadashiva Eternal God
75 Sanatana Eternal Lord
76 Sarvacharya Preceptor Of All
77 Sarvashiva Always Pure
78 Sarvatapana Scorcher Of All
79 Sarvayoni Source Of Everything
80 Sarveshwara Lord Of All Gods
81 Shambhu One Who Bestows Prosperity
82 Shankara One Who Gives Happiness
83 Shiva Always Pure
84 Shoolin One Who Has A Trident
85 Shrikantha Of Glorious Neck
86 Shrutiprakasha Illuminator Of The Vedas
87 Shuddhavigraha One Who Has A Pure Body
88 Skandaguru Preceptor Of Skanda
89 Someshwara Lord Of All Gods
90 Sukhada Bestower Of Happiness
91 Suprita Well Pleased
92 Suragana Having Gods As Attendants
93 Sureshwara Lord Of All Gods
94 Swayambhu Self-Manifested
95 Tejaswani One Who Spreads Illumination
96 Trilochana Three-Eyed Lord
97 Trilokpati Master Of All The Three Worlds
98 Tripurari Enemy Of Tripura
99 Trishoolin One Who Has A Trident In His Hands
100 Umapati Consort Of Uma
101 Vachaspati Lord Of Speech
102 Vajrahasta One Who Has A Thunderbolt In His Hands
103 Varada Granter Of Boons
104 Vedakarta Originator Of The Vedas
105 Veerabhadra Supreme Lord Of The Nether World
106 Vishalaksha Wide-Eyed Lord
107 Vishveshwara Lord Of The Universe
108 Vrishavahana One Who Has Bull As His Vehicle





Om namah Shivaya!

.

Shiva Margabandhu Stotram



Tradução por: Hari Govinda

Esta grande Stotra Rathna foi escrito por Appayya Deekshitha (1520-1593).
Ele foi o maior intérprete de Advaitha Sidhantha após Adhi Sankara.

Shiva Margabandhu Stotram

(Oração ao Deus do Caminho)

Saudações a Ele que nos abençoa com prosperidade,
Saudações para o maior Deus,
Saudações para a morada da paz,
Saudações para Ele, que nos abençoa com riquezas,
E saudações para aquele que é o Deus dos deuses.


Oh! Shambho Mahadeva...

Eu oro para que o amigo do caminho,
Que usa uma coroa na cabeça,
Que mata seus inimigos com seu tridente,
Que usa uma lua crescente na cabeça,
E que queima pelo fogo de seus olhos,
Que usa as tres listas em sua testa,
Aquele que tem as cinco flechas como seta.
Saudações para ele que abençoa

Manmatha, o Senhor do amor tem cinco flechas de flores de lótus, Asoka, manga, jasmim e lótus azul. Shiva matou pelo fogo gerado pelo seu terceiro olho.)
Oh !Shambho Mahadeva ..

Eu oro para que o amigo do caminho,
Quem tem os membros adornado por uma cobra,
Quem é um cervo no parque do pranava Santo,
Cujos pés são adorados pelos grandes sábios,
E que tem a aparecia encantadora
Adornada pela Mãe Ganga em sua cabeça
Saudações para ele que nos abençoa .

Pranava é a letra sagrada Om reside na cabeça do Senhor Shiva

Oh !Shambho Mahadeva ..

Eu oro para que o amigo do bem,do caminho divino,
Quem é perene e da forma bela
Que é Verdade, inteligência e felicidade,
Que destruiu sem aviso, a glória e a fama do inimigo de Indra,
Quem usou o Monte Meru
Como o arco na guerra contra os três asuras,
E que se veste-se de peles de veados.
Saudações para ele que abençoa .


Shiva destruiu o orgulho de Ravana, quando ele visitou sua residência. Usou o Monte Meru como o seu arco para conquistar o Tripuras.


Shambho Mahadeva...

Eu oro , para que o amigo do caminho,
Quem pôs um fim ao orgulho do Deus de amor,
Quem é o grande Senhor , que tem uma garganta de um azul profundo,
Quem tem o céu como seu grande cabelo emaranhado ,
Dentes de quem se assemelham a flores de jasmim branco,
E quem tem o brilho de bilhões de sóis.
Saudações para ele que abençoa

Oh !Shambho Mahadeva...

Eu oro , para que o amigo do caminho,
Quem é mais generoso do que a vontade que dá em árvore,
Quem é a força por trás da grande Montanha Mandara
Quem está muito perto da grande Deusa Gauri
Quem tem uma cor vermelha mais intensa que o chumbo derretido,
E que está mais firme do que o Deus do oceano.
Saudrações para ele que abençoa .

Montanha Mandara que foi utilizada para agitar o oceano de leite


Este rei de stotras que é o executor de sacrifícios,
Quem ler , meditar ou recitar com devoção durante as viagens,
terá assegurado o cumprimento dos seus desejos,
obterá proteção durante as jornadas,
E o senhor Shiva será sempre satisfeito com ele.
Om namah Shivaya!






Este Stotra Isto está escrito em louvor do Senhor Margabandhu ( SHIVA)
Pessoas que empreender qualquer viagem deve recitá-lo antes de viajar, nos dias em que eles estão viajando e após a conclusão do curso.
Shiva como Margabandhu estaria sempre com eles e protegê-los.



in ingles : http://www.youtube.com/watch?v=8oWnCGvDZN4


Om namah Shivaya!


.

Hara Hara Mahadeva !!!




Exposição de Fotos :

http://picasaweb.google.com/chandrakala.campinas/OSenhorSHIVA#

Lord Ganesh O Filho do Senhor Shiva




Galeria de Fotos







http://picasaweb.google.com/chandrakala.campinas/GANESHA#


Jaya Ganesha !
.

OS DEUSES DA ÍNDIA

.



Exposição de Fotos





http://picasaweb.google.com/chandrakala.campinas/OsDeusesDaIndia#

OM ...

Lord Shiva Galeria de fotos

.




http://picasaweb.google.com/chandrakala.campinas/SHIVAODEUSDARENOVAO#

Shiva Shankar



por: Hari Govinda

“Eu adoro a jóia do meu Ser, o Shiva que reside no lótus de meu coração. Eu O banho com a água da minha mente pura, trazida pelo rio da fé e da devoção. Eu O adoro com as flores cheirosas do Samadhi pleno, para que eu não volte a nascer novamente neste mundo”.Shiva, já trabalha com a coletividade das almas que colocando o plano em prática, devem estar atuando e servindo umas às outras.



Salve Shiva Shankar!

.

Parvati Devi é o coração.


photo:Close up of Parvati


por Hari Govinda.


Shiva é a mais elevada das criaturas,Parvati é o mais sublime dos ideais.
Shiva é o cérebro,Parvati é o coração.
O cérebro fabrica a luz, o coração produz Amor.
A luz fecunda, o amor ressuscita.
Shiva é forte pela razão,Parvati é invencível pelas lágrimas.
A razão convence, as lágrimas comovem.
Shiva é capaz de todos os heroísmos,Parvati de todos os martírios.
O heroísmo enobrece; o martírio sublima.
Shiva é um código, Parvati é um evangelho.
O código corrige; o evangelho aperfeiçoa.
Shiva é um templo,Parvati é o sagrado.
Ante o templo nos descobrimos, ante o sagrado nos ajoelhamos.
Shiva pensa, Parvati sonha.
Pensar é ter no crânio uma larva.
Sonhar é ter na fronte uma auréola.
Shiva é um oceano,Parvati é um lago.
O oceano possui a pérola que adorna; o lago, a poesia que deslumbra.
Shiva é a águia que voa,Parvati o rouxinol que canta.
Voar é dominar o espaço,cantar é conquistar a alma.
Enfim, Shiva está colocado onde termina a terra e Parvati onde começa o céu.




Om Shanti
.

14 de outubro de 2009

Yoga Shaiva de Kashemira

Retiro de Yoga Shaiva de Kashemira no hotel fazenda Goura Mandir







.


16,17 e 18 de Outubro


*Pratica de Shaivagama Yoga

*O Legado Cultural e Espiritual do Shaivismo de Kashemira





www.iseska.com


http://tradicaoshaiva.blogspot.com


Shaivismo da Kashemira é uma das Tradições mais antigas e desconhecidas da Índia.

É uma Tradição de Filosofia, Yoga e Metafísica independente da Índia que foi preconizada no Norte (kashemira) e por isso é tão distinta do pensamento da Índia.

O Shaivismo é fundamentalmente uma Escola Tantrica com base nas Escrituras conhecidas como “Shaiva Ágama” tratados com a mesma equivalência da Tradição Vedica.

Nessa vivência será esclarecido o que é realmente essa Tradição, sua importância Metafísica, distinção e objetivos, tanto social como Espiritual.

Todos os tópicos e vivencia serão dados por: Shaiva Vijnanacharya:Prof.Orlando Alves,B.A,M.Phil.


Maiores informações:


21- (Fixo)7111-2020 / (Cel.)9896-5328


mahadeviyoga@yahoo.com.br





.

Shiva Rudra Hridaya

.

por: Hari Govinda

"Coração do Rudra"

Shiva (Rudra) e Shakti (Uma) compõem tudo o que é conhecido ou a ser conhecido:

Rudra é homem,Uma é mulher.
Saudações a Ele, saudações a Ela.
Rudra é Brahma,Uma é Sarasvati.
Saudações a Ele, saudações a Ela.


Rudra é Visnu, Uma é Lakshmi.
Saudações a Ele, saudações a Ela.
Rudra é o Sol,Uma é a Sombra.
Saudações a Ele, saudações a Ela.

Rudra é a lua, Uma é das Estrelas.
Saudações a Ele, saudações a Ela.

Rudra é o dia, Uma é a Noite.
Saudações a Ele, saudações a Ela.

Rudra é Yajna ,sacrifício Uma é Vedi,o altar
Saudações a Ele, saudações a Ela.

Rudra é Agni (fogo),Uma é Svaha (oferta).
Saudações a Ele, saudações a Ela.
Rudra é Veda,Uma é Shastra.
Saudações a Ele, saudações a Ela.

Rudra é a árvore,Uma é a trepadeira.
Saudações a Ele, saudações a Ela.

Rudra é o aroma, Uma é a flor.
Saudações a Ele, saudações a Ela.

Rudra é o significado,Uma é a palavra.
Saudações a Ele, saudações a Ela.

Rudra é o Lingam,Uma é o yoni é a base
Saudações a Ele, saudações a Ela.
Os devotos devem adorar Sri Rudra e Uma com estes Mantras referidos acima. Oh! meu filho, Shuka! Com esses hinos, você deve meditar sobre o Para-Brahman eterno, que está além do alcance dos sentidos, que é a existência pura, Consciência e Felicidade e que não pode ser entendido, quer pela fala ou pela mente. Depois de saber isto, não há nada mais a ser conhecido, porque tudo é a forma de que, e não há nada de distinto daquele.

Shiva-Shakti é a essência de tudo - que é o ensino do Rudra Hridaya Upanishad. Esse é o significado oculto do sagrado hino Rudram hrdaya.



foto; shiva e shakti yantra


Om Shakti Shiva gurubhyo namah!

Sri Shiva Ashtottarashata-Namavali





Shiva-ashtottarashata-Namavali
Os 108 nomes do Senhor Shiva

1
Om Namaha Shivaya
Reverências a auspiciosa Om

2
Om Namaha Maheshvaraya
Reverências ao Grande Deus Shiva

3
Om Namaha Shambhave
Reverências a Deus que existe para a nossa felicidade
4
Om Namaha Pinakine
Reverências a Shiva, que guarda o caminho do dharma
5
Om Namaha Shashishekharaya
Reverências ao Deus que usa a lua crescente em seus cabelos
6
Om Namaha Vamadevaya
Reverências ao Deus que é agradável e auspicioso em todos os sentidos
7
Om Namaha Virupakshaya
Reverências ao Deus de forma impecável

8
Om Namaha Kapardine
Reverências ao Senhor com cabelos emaranhados
9
Om Namaha Nilalohitaya
Reverências ao Deus esplêndido como o sol vermelho ao amanhecer
10
Om Namaha Shankaraya
Reverências a fonte de toda a prosperidade
11
Om Namaha Shulapanaye
Reverências ao Deus que carrega um tridente
12
Om Namaha Khatvangine
Reverências ao Deus que carrega um clube serrilhado
13
Om Namaha Vishnuvallabhaya
Reverências a Shiva, que é caro para o Senhor Vishnu
14
Om Namaha Shipivishtaya
Reverências ao Senhor cuja forma grande emite raios de luz
15
Om Namaha Ambikanathaya
Reverências ao Senhor de Ambika

16
Om Namaha Shrikantaya
Reverências a ele, cuja garganta é azul brilhante
17
Om Namaha Bhaktavatsalaya
Reverências ao Senhor, que ama seus devotos como novo bezerros nascidos
18
Om Namaha Bhavaya
Reverências ao Deus que é a própria existência
19
Om Namaha Sarvaya
Reverências a Shiva que é tudo

20
Om Namaha Trilokeshaya
Reverências a Shiva que é o Senhor de todos os três mundos
21
Om Namaha Shitakanthaya
Reverências a alma primordial, cuja garganta é azul profundo
22
Om Namaha Shivapriyaya
Reverências ao Deus que é caro para Shakti
23
Om Namaha Ugraya
Reverências a Shiva, cuja presença é impressionante e esmagadora
24
Om Namaha Kapaline
Reverências ao deus cuja bacia mendicidade é um crânio humano
25
Om Namaha Kamaraye
Reverências a Shiva que vence todas as paixões
26
Om Namaha Andhakasura Sudanaya Reverências ao Senhor, que matou o asura Andhaka
27
Om Namaha Gangadharaya
Reverências ao Deus que mantém o rio Ganges em seus cabelos
28
Om Namaha Lalatakshaya
Reverências ao Senhor, cujo esporte é a criação
29
Om Namaha Kalakalaya
Reverências a Shiva que é a morte da morte
30
Om Namaha Kripanidhaye
Reverências ao Deus que é o tesouro de compaixão
31
Om Namaha Bhimaya
Reverências a Shiva cuja força é impressionante
32
Om Namaha Parashu Hastaya
Reverências ao Deus que empunha um machado em suas mãos
33
Om Namaha Mrigapanayae
Reverências ao Senhor, que cuida da alma no deserto
34
Om Namaha Jatadharaya
Reverências a Shiva que tem uma massa de cabelos emaranhados
35
Om Namaha Kailasavasine
Reverências ao Deus que habita no Monte Kailas
36
Om Namaha Kavachine
Reverências ao Senhor, que é envolto em armadura
37
Om Namaha Kathoraya
Reverências a Shiva que faz com que todo o crescimento
38
Om Namaha Tripurantakaya
Reverências ao Senhor, que destruíram as três cidades demoníacas
39
Om Namaha Vrishankaya
Reverências ao Deus cujo emblema é um touro (Nandi)
40
Om Namaha Vrishabharudhaya
Reverências a Shiva que monta um touro

41
Om Namaha Bhasmoddhulita Vigrahaya Reverências ao Senhor coberta com cinzas santo
42
Om Namaha Samapriyaya
Reverências ao Deus excessivamente Amante dos hinos do Sama Veda
43
Om Namaha Svaramayaya
Reverências a Shiva que cria através do som
44
Om Namaha Trayimurtaye
Reverências ao Senhor que é adorado em três formas
45
Om Namaha Anishvaraya
Reverências ao Senhor indiscutível

46
Om Namaha Sarvagyaya
Reverências ao Deus que sabe todas as coisas
47
Om Namaha Paramatmane
Reverências ao Ser Supremo

48
Om Namaha Somasuragni Lochanaya Reverências a luz dos olhos do Soma, Surya e Agni
49
Om Namaha Havishe
Reverências a Shiva que recebe oferendas de ghee
50
Om Namaha Yagyamayaya
Reverências ao arquiteto de todos os rituais de sacrifício
51
Om Namaha Somaya
Reverências à lua-de brilho do místico visão
52
Om Namaha Panchavaktraya
Reverências ao Deus das cinco atividades
53
Om Namaha Sadashivaya
Reverências a Shiva eternamente benevolentes auspicioso
54
Om Namaha Vishveshvaraya
Reverências ao governante onipenetrante do cosmos
55
Om Namaha Virabhadraya
Reverências a Shiva, o lugar dos heróis

56
Om Namaha Gananathaya
Reverências ao Deus dos Ganas

57
Om Namaha Prajapataye
Reverências ao Criador

58
Om Namaha Hiranyaretase
Reverências ao Deus que emana almas de ouro
59
Om Namaha Durdharshaya
Reverências a ser invencível

60
Om Namaha Girishaya
Reverências ao monarca do santo monte Kailas
61
Om Namaha Girishaya
Reverências ao Senhor do Himalaia

62
Om Namaha Anaghaya
Reverências a Shiva que pode inspirar medo
63
Om Namaha Bujangabhushanaya Reverências ao Senhor adornado com serpentes de ouro
64
Om Namaha Bhargaya
Reverências para o lugar de rishis

65
Om Namaha Giridhanvane
Reverências ao deus cuja arma é uma montanha
66
Om Namaha Giripriyaya
Reverências ao Senhor, que gosta de montanhas
67
Om Namaha Krittivasase
Reverências ao Deus que veste roupas de couro
68
Om Namaha Purarataye
Reverências ao Senhor, que está completamente em casa no deserto
69
Om Bhagavate Namaha
Reverências ao Senhor da prosperidade

70
Om Namaha Pramathadhipaya
Reverências ao Deus que é servido por goblins
71
Om Mritunjayaya Namaha Reverências ao conquistador da morte

72
Om Namaha Sukshmatanave
Reverências a subtil da sutil

73
Om Namaha Jagadvyapine
Reverências a Shiva que preenche todo o mundo
74
Om Namaha Jagadgurave
Reverências ao guru de todos os mundos

75
Om Namaha Vyomakeshaya
Reverências ao Deus cujo cabelo é o céu acima de propagação
76
Om Namaha Mahasenajanakaya Reverências à origem do Mahasena

77
Om Namaha Charuvikramaya
Reverências a Shiva, o guardião da errantes peregrinos
78
Om Namaha Rudraya
Reverências ao Senhor que é digno de ser louvado
79
Om Namaha Bhutapataye
Reverências à origem dos seres vivos, incluindo o Bhutas, ou criaturas fantasmagóricas
80
Om Namaha Sthanave
Reverências para a empresa e imóveis divindade
81
Om Namaha Ahirbudhnyaya
Reverências ao Senhor, que aguarda a Kundalini dormindo
82
Om Namaha Digambaraya
Reverências a Shiva cujas vestes é o cosmo
83
Om Namaha Ashtamurtaye
Reverências ao Senhor, que tem oito formas
84
Om Namaha Anekatmane
Reverências ao Deus que é a alma uma

85
Om Namaha Satvikaya
Reverências ao Senhor da energia ilimitada
86
Om Namaha Shuddha Vigrahaya Reverências àquele que está livre de todas as dúvidas e dissensão
87
Om Namaha Shashvataya
Reverências a Shiva, infinita e eterna

88
Om Namaha Khandaparashave
Reverências ao Deus que corta o desespero da mente
89
Om Namaha Ajaya
Reverências para o instigador de tudo o que ocorre
90
Om Namaha Papavimochakaya
Reverências ao Senhor que libera todos os grilhões
91
Om Namaha Mridaya
Reverências ao Senhor, que mostra apenas a misericórdia
92
Om Namaha Pashupataye
Reverências ao governante de todas as almas em evolução, os animais
93
Om Namaha Devaya
Reverências para o lugar de Devas, semideuses
94
Om Namaha Mahadevaya
Reverências ao maior dos deuses

95
Om Namaha Avyayaya
Reverências a um nunca sujeitas a alterações
96
Om Namaha HARAYE
Reverências a Shiva que dissolve toda a escravidão
97
Om Namaha Pashudantabhide
Reverências a quem punidos Pushan

98
Om Namaha Avyagraya
Reverências ao Senhor, que é constante e inabalável
99
Om Namaha Dakshadhvaraharaya Reverências ao destruidor do sacrifício vaidoso Daksha
100
Om Namaha haraya
Reverências ao Senhor que retire o cosmos
101
Om Namaha Bhaganetrabhide
Reverências a Shiva que ensinou Bhaga a ver mais claramente
102
Om Namaha Avyaktaya
Reverências a Shiva que é sutil e invisível

103
Om Namaha Sahasrakshaya
Reverências ao Senhor de formas ilimitadas
104
Om Namaha Sahasrapade
Reverências ao Deus que está em pé e andar por toda parte
105
Om Namaha Apavargapradaya
Reverências ao Senhor que dá e tira todas as coisas
106
Om Namaha Anantaya
Reverências ao Deus que é infinito

107
Om Namaha Tarakaya
Reverências para o grande libertador da humanidade
108
Om Namaha Parameshvaraya
Reverências ao grande Deus


Termina assim o hino chamado - Sri Shiva Ashtottarashata-Namavali.



.

9 de outubro de 2009

LINGA-ASHTAKAM



por Hari Govinda

Oito Preces ao Shiva lingam

Brahma Muraari Suraarchita Lingam

Bhashita Shobhita Lingam
Janmaja Dukha Vinaashaka Lingam
Pranamaami sadaå Shiva Lingam



Inclino-me diante do Shiva Linga, que é adorado por Brahma, Vishnu e outros deuses, que é elogiado pelos hinos védicos, e que destrói o ciclo de nascimentos e mortes.



Devamuni Pravaraarchita Lingam
Kaamadaham Karunaakara Lingam
Raavana Darpa Vinaashaka Lingam
Tat Pranamaami Sada Shiva Lingam



Inclino-me diante do Shiva Linga , que é o destruidor dos desejos, todos os Devas e os sábios adoram, que é infinitamente misericordioso e que destruiu o orgulho de Ravana.



Sarva Sugandha Sulepitha Lingam
Buddhi Vivardhana Kaarana Lingam
Siddha Suraasura Vanditha Lingam
Tat Pranamaami Sadaa Shiva Lingam



Inclino-me diante do Shiva Linga , que é generosamente untado com variados perfumes e aromas, que eleva o poder do pensamento e acende a luz da discriminação, e Siddhas e Suras sempre reverenciam .



Kanaka Mahaamani Bhushitha Lingam

Phanipathi Veshtitha Shobhitha Lingam
Daksha Suyajna Vinaashaka Lingam
Tat Pranamaami Sadaa Shiva Lingam



Inclino-me diante do Shiva Linga, o destruidor do sacrifício Dasksha, que é decorado com enfeites diversos, cravejado de pedras e jóias e rubis e que brilha n a coroa do Senhor,decorado com uma serpente.



Chandana Lepitha Lingam
Pankaja Haara Sushobhitha Lingam

Sanchitha Paapa Vinaashaka Lingam
Tat Pranamaami sadaå Shiva Lingam



Inclino-me diante do Shiva Linga, que é untado com açafrão e pasta de sândalo, que é decorado com guirlandas de flores de lótus e que destrói todos os pecados acumulados.



Devaganaarchitha Sevitha Lingam

Bhaavair Bhakti Bhirevacha Lingam

Dinakara Koti Prabhakara Lingam
Tat Pranamaami Sadaa Shiva Lingam



Inclino-me diante do Shiva Linga que é adorado pela multidão dos deuses ,e com os pensamentos genuínos cheio de fé e devoção, e cujo esplendor é semelhante ao de um milhão de sóis.



Ashta Dalopari Veshtitha Lingam
Sarva Samudbhava Kaarana Lingam
Ashta Daridra Vinaashaka Lingam
Tat Pranamaami sadaå Shiva Lingam



Inclino-me diante do Shiva Linga, destruidor de toda a pobreza e miséria em seus oito aspectos, que é a causa de toda a criação e que se descansa no Lotus oito pétalas.



Suraguru Suravara Pujitha Lingam
Suravana Pushpa Sadaarchitha Lingam
Paraatparam Paramatmaka Lingam
Tat Pranamaami sadaå Shiva Lingam



Inclino -mediante do Shiva Linga que é o Ser transcendente e do Ser Supremo, venerado por todos Suras e seu preceptor (Brhaspathi), com inúmeras flores dos jardins celestes.



Aquele que canta, recita ou mesmo ouça esta oração durante o puja ou adoração do Shiva linga,alcança a morada Suprema do Senhor e goza da felicidade eterna.

7 de outubro de 2009

Shiva Aparadha Kshamapana Stotram






Shiva Aparadha Kshamapana Stotram

Pedido de perdão aos pés de lótus de Shiva

Devido aos restos dos pecados kármicos,
Eu fui criado dentro do ventre de minha mãe,
E colocados entre urina, fezes e calor,
E sofri muito com o calor e o cheiro.
E, possivelmente, ninguém pode descrever,
Os sofrimentos que passei lá,


Shambho, conceda-me o seu perdão,
perdoa os meus pecados, Oh Mahadeva.!



Devido à grande quantidade de tristeza,
Durante a infância, eu rolei na sujeira,
E com um corpo sujo,
Eu só estava interessado em beber leite de peito.
Insetos como mosca também picaram- me muitas vezes.
Que eu não era capaz de prevenir,
E também foi atacado por uma doença muito grande,
Eu nunca encontrava tempo para pensar em ti

Shambho, conceda-me o seu perdão,
perdoa os meus pecados, Oh Mahadeva.!



Quando eu estava passando pelo período da juventude,
Eu fui mordido por cobras de cinco sentidos,
Em pontos vulneráveis, ego, luxuria
E, portanto, eu perdi minha sabedoria,
E começaram a se concentrar em prazeres
do ego, fama ,riquezas e mulheres,
E assim, não achava tempo para ti oh Parameshwara ,


Oh, Senhor,conceda-me o seu perdão,
perdoa os meus pecados, Oh Mahadeva.!



Quando eu estava passando pela idade madura,
Meus cinco sentidos tinham enfraquecido,
Minha sabedoria ,perdi a memória,
Meu corpo ficou enfraquecido,
Graças a Deus o pecado, a doença e a dor nunca me deixaram,
E minha mente começou voltar para trás, com paixões e desejos,
E assim, não achava tempo para ti oh Parameshwara ,


Oh, Senhor,conceda-me o seu perdão,
perdoa os meus pecados, Oh Mahadeva.!



Eu sou incapaz de respeitar as regras complexas do Dharma diário,
Eu sou incapaz de seguir as regras dos Vedas como dito pelos brâmanes,
Eu sou incapaz de saber Dharma ouvindo os mantras e meditando,
E então o que é o uso do dia a dia e a aprendizagem ?.

Nunca dou doações para os brâmanes,
Com o pensamento na minha mente de Shiva,

Oh, Senhor,conceda-me o seu perdão,
perdoa os meus pecados, Oh Mahadeva.!


Nunca fiz sacrifício de fogo,
nunca cantei os mantras apropriadamente
Nunca meditei nas margens do Ganges sagrado,
Nunca realizei os jejuns e as penitências dos Vedas,
Oh, Senhor,conceda-me o seu perdão,
perdoa os meus pecados, Oh Mahadeva.!



Nunca me sentei em um lugar solitário,
Assumindo a postura de lótus, para o despertar da Kundalini,
retendo a respiração que é da forma de pranava,

Através do caminho Eu,
Para chegar a sempre brilhando Para Brahma,
E nunca fiz acalmar minha mente,
E meditar sobre Paramashiva,
Que transcende o corpo físico,
E quem é a essência dos Vedas,

Oh, Senhor,conceda-me o seu perdão,
perdoa os meus pecados, Oh !Mahadeva.!


Nunca concentrei-me na ponta do meu nariz,
E tentar personificar você,que está nu
Quem está sozinho,que é sempre puro,
Que tem as três qualidades Divinas,

Satyam shivam sundaram
E quem é capaz de dissipar a ignorância,
Oh, Senhor,conceda-me o seu perdão,
perdoa os meus pecados, Oh !Mahadeva.!





Oh! Senhor, que usa a lua coroa ornamentada,
Que é o inimigo do Deus de amor,
Ganga que carrega em sua cabeça,

Quem dá a paz aos seus devotos,
Que usa cobras no pescoço e orelhas,
Quem tem fogo em seus olhos,
Que tem as vestes uma pele do elefante,
E quem é o Senhor dos três mundos,
Por favor, mostre-me o caminho da salvação,
Pois o que é o uso de qualquer outro caminho.

Oh, Senhor,conceda-me o seu perdão,
perdoa os meus pecados, Oh Mahadeva.!



Oh, mente, o que é o uso da caridade?
Qual é a utilidade das riquezas?
O que é o uso do controle dos sentidos?
Ao receber um reino que é a sua utilização?
O que é o uso de filho, esposa, amigos e vacas,
Qual é a utilidade desta casa? desta casta?
E o que é o uso deste órgão?
Por todas estas podem ser destruídas em um segundo,
E assim mantê-los a todos é doloroso.
É causa de dores na alma,

Oh, Senhor,conceda-me o seu perdão,
perdoa os meus pecados, Oh Mahadeva.!

Medite sobre O consorte de Parvathi,
De acordo com as lições ensinadas pelo Guru.

Oh! por favor, Shiva escuta-me
Diariamente o meu período de vida diminui,
A juventude diária desaparece,
Os dias passam e não regressam,

O tempo nos leva para debaixo da terra,
E vida e riqueza não são permanentes,
Pois eles são como a maré e relâmpagos,
E assim Parameshwara meu Senhor adorado

Peço que proteja este devoto teu para sempre.

Oh, Senhor,conceda-me o seu perdão,
perdoa os meus pecados, Oh Mahadeva.!





Oh ! Shiva estou aqui diante de ti, peço perdão por minha ilusão, meus apegos e tropeços nesta jornada, oro por sua graça infinita, que possa eu ofertar meu coração em vossos sagrados pés de lótus.

Quem quer que recite, ouça ou repasse este strotam as almas piedosas facilmente obtém as graças de Sadashiva, uma vez recitado, cantado, meditado ou mesmo ouvido em uma noite de lua cheia obtém os favores de Shiva Shambo!

Shiva é o protetor da sagrada Vrajamandala



Em Vrindavana, a terra eterna de Sri Krishna, quem você acha que é o guardião?
Quem respondeu Shiva acertou , Shiva é o protetor da sagrada Vrajamandala, ou da região geográfica e espiritual que emgloba Vrindavana, Mathura, Govardhana, Varsana e outras aldeias ligadas aos passatempos de Krisnha, existem na área de hoje pertencente ao distrito de Mathura vários templos dedicados a Shiva como o protetor do dhama sagrado.

O mais famoso e importante destes templos é o Sri Gopiswara Mahadeva que fica em Vrindavana na região de Vamsivata, além deste outros importantes templos de Shiva são: Pippaleswara, Gokarneswara , Bhuteswara e Rangeswara em Mathura, Kundeswara em Radha Kunda, Cakaleswara, Kameswara, Nandiswara em Vrindavana.
A maior parte destas Shiva lingas foi instalada pelo bisneto de Sri Krishna chamado Vrajanabha.

Cada uma destas deidades tem sua história, Nandiswara, por exemplo, se manifestou em um passatempo em que Shiva apareceu na casa de Nanda Maharaja e Yasodha ( para quem não sabe os pais adotivos de Sri Krishna) para ver o bebe Krishna, ao ver a aparência nada comum de Shiva ( corpo coberto de cinzas, cabelo em desalinho, serpentes no pescoço e colar de crânios) mãe Yashoda tomando Shiva por um ypgi comum não concordou em mostrar-lhe o filho, então Shiva foi para uma floresta próxima, Krishna então começou a chorar de forma estridente e ninguém conseguia faze-Lo para de chorar, ao perguntar as gopis mais velhas ( quando Krishna nasceu mãe Yashoda tinha 25 anos) o que poderia ter ocorrido e juntas chegaram a conclusão que isso devia ser devido a não terem tratado um hóspede da maneira certa então as gopis foram atrás do “ yogi tantrico”.

Após chegarem com o Senhor Shiva perante a criança Ele parou de chorar e abriu um grande sorriso, feliz por que a “yogi” fez Krishna para de chorar mãe Yashoda pergunta o que poderia dar em agradecimento e Shiva responde que só quer ter sempre acesso para ver a bela criança e receber os restos de Sua comida. E desde então os pujaris do templo de Nandagrama (onde fica a linga) oferecem primeiro o alimento a Krishna e depois ao Senhor Shiva.

O passatempo de Cakaleswara já se passou com Sanatana Goswami ( um dosi seis grandes Goswamis de Vrindavana discípulos diretos de Sri Krishna Chaitanya Mahapabhu) ele vivia próximo ao templo de Cakaleswara onde fazia suas devoções a Krishna mais a região era tão cheia de mosquitos que ele resolveu se mudar o Senhor Shiva então na forma de um brahmana e diz a Sanatana que os mosquitos não iriam mais atrapalhar, até hoje os habitantes dizem que não existem mosquitos na área.

O passatempo mais interessante com o Senhor Shiva na área de Vrindavana é o de Gopiswara Mahadeva, durante a dança de Rasa ( de Krishna com as gopis) o Senhor Shiva queria vera dança mais foi barrado pelas gopis pois era um homem e não poderia entrar para ver a dança, então foi informado para tomar um banho no Manasa Kunda ( um lago de Vrindavana) e após o banho tomou a forma de uma gopi, Krishna ao ver Shiva disfarçado entra as gopis deu bênçãos a Ele e disse que daquele momento em diante o Senhor Shiva seria o guardião da Rasa-mandala e para entra em Vrindavana era necessário a permissão do Senhor Shiva como Gopiswara ou o Senhor das Gopis, e desde então e necessário ao entra em Vrindavana se dirigir ao templo de Gopiswara Mahadeva e humildemente pedir-Lhe permição para entrar em Vrindavana.

A posição do Senhor Shiva é única no universo, como é explicada no Sri Brahma Samhita 5.45 e nos significados de Srila Bhaktiveddhanta Saraswati Goswami (mestre de Srila Prabhupada):

“kshiram yatha dadhi vikara-visesha-yogat
sanjayate na hi tatah prithag asti hetoh
yah sambhutam api tatha samupaiti karyad
govindam adi-purusham tam aham bhajami

Assim como o leite é transformado em coalhada pela ação de ácidos, não obstante a coalhada não é igual, nem diferente de, a sua causa, o leite, portanto adoro o Senhor Primordial Govinda que no estado de Sambhu (Shiva) é uma transformação da realização do trabalho da destruição.”

No significado Srila Bhaktisiddhanta diz:

“Shambu não é um segundo Deus ou outro senão Krishna. Aquele que mantem tal sentimento discriminante, cometem uma grande ofensa contra o Senhor Supremo. A supremacia de Shambhu é subserviente à de Govinda; logo, eles na realidade não são diferentes um do outro.”

texto por : Arjuna Vallabha Dasa



O divino casal Shiva Parvati




Oh divino casal Shiva Parvati! Vós, os protetores desse universo, Juntamente com Brahma e Vishnu
Nós vos pedimos, para o nosso bem-estar, prosperidade e iluminação de nossas almas.


Saudações a Shiva que veste uma serpente como guirlanda, que tem três olhos, cujo corpo nu está coberto de cinzas, que é eternamente puro e a própria encarnação do sacrifício.


Reverencio o Senhor Shiva, que é o criador e protetor do universo, que é o maior entre deuses, que tem três olhos, que é o aniquilador de todos os três mundos, cuja garganta é um azul, que é o conquistador de morte, que é o Senhor de todos, que é propício, que é dotado de todas as marcas de grandeza e que é o maior entre deuses. Para ele, as minhas reverencias.


4 de outubro de 2009

Shiva Shakti Lila‏




Shiva e Parvati

Parvati, a filha do rei da cadeia do Himalaia. Sendo uma menina, ela não tinha interesse em brincar com as outras crianças. Ela estava inclinada em adorar Shiva, e tinha o desejo de casar-Se com Ele. Depois de ter a permissão dos seus pais, ela foi até o local sagrado do Gangavatara, o qual ficou mais tarde conhecido como Pico Gouri. A penitência que fez para casar-Se com o Senhor Shiva foi severa. Ela ficou por sobre uma perna, com as mãos erguidas, tendo por sobre Sua cabeça a neve das montanhas, meses e meses, sem comer ou beber nada.

O Senhor Shiva ficou muito contente com as preces d´Ela, mas quis fazer um teste. Ele foi até Ela como um velho devoto do Senhor Shiva. Parvati ofereceu Seus respeitos ao velho devoto, bem como ao Senhor Shiva. Então, o velho devoto tentou convencê-lA que deveria passar a Sua junventude em meditação, mas que também deveria desfrutar a vida casando-Se com Ele. Assim sugerindo, disse que era melhor casar com ele, em vez de alguém que fica dançando em cemitérios e vestindo crânios e ossos.

Parvati, incapaz de reconhecer que o velho homem era o Senhor Shiva em pessoa, ficou muito irada em escutar os insultos, mas mostrou a ele os devidos respeitos, porque ele era semelhante a um devoto, mas Ela não queria mais escutar qualquer coisa contra o Senhor Shiva.Ela pediu para que o velho devoto deixasse o local imediatamente. O Senhor, estando grato com a determinação de devoção de Parvati, então revelou-Se quem era, concedendo o desejo de Ela poder casar-Se com Ele. Parvati e Shiva casaram-se e iniciaram uma vida feliz no monte Kaillash.

3 de outubro de 2009

Dançando com a Mãe Divina




por :

Hari Govinda

(Quando a Flor Vermelha Desabrocha no Coração)

No meio da tarde ensolarada, Ela apareceu de surpresa.
Saudou-me e tocou meu ombro direito carinhosamente.
Sorrindo e olhando diretamente em meus olhos, ela dançou.
Contente, observei seus movimentos leves e suaves.



Parvati devi (goddess) - bronze.


Que mulher linda! Que graciosidade! Que presente vê-la!
Então, Ela entrou em mim, fundindo-se na minha energia.
E os meus chacras começaram a pulsar junto com ela.
Ou, melhor dizendo, começaram a dançar com ela.

Por sua graça, uma flor vermelha se abriu em meu coração.
Uma suave alegria tomou conta de todo meu ser.
Encantado, agradeci a Ela pelo presente sutil.
Dentro de mim, Ela apenas ria e dançava.
Na dança, celebração.

Na alegria, a festa da vida.
Na flexibilidade, a quebra do ego.
Sim, Ela veio aqui e entrou em mim.





Parvati, Kali, Jagadamba, Durga, Devi... são tanto os seus nomes.
Mas, aqui e agora, é somente minha Mãe querida, que dança nos meus chacras.
jaya Mataji! jaya Shiva



A Canção de Shiva




poe :Hari Govinda


Lá vem Ele,
o Senhor das Transformações...
Lá vem Ele... Shiva!
O Senhor dos iogues...
O Senhor das energias...

Quando Ele balança sua cabeça,
para ver em todas as direções,
Dos seus cabelos molhados
se desprendem milhares de gotinhas luminosas,
Lavando os elementos subterrâneos...
E soltando os espíritos cativos, presos à Terra.

Ele é o rompedor das ligações vitais,
O Supremo transmutador...




Lá vai Ele,
O Supremo Destruidor da ignorância...
Lá vai Ele...

A Canção de Shiva
é a canção da liberdade e da imortalidade!





Lá vai Ele,
soltando os espíritos...
Lá vai Ele,
despertando-os para outras realidades,
Além da carne,
na luz da imortalidade.

Lá vai Ele, Om Namah Shivaya!
Lá vai Ele...